Início  Fale Conosco!  Mapa do Site          Facebook  Blog Salve Rainha  Youtube  Google Plus +Dermeval Neves  Twitter
  NPDBRASIL - ARTE EM FAZER AMIGOS! QUE DEUS TE ABENÇOE SEMPRE! PAZ! ALEGRIA! AMOR! SAÚDE! AMIZADE! RIQUEZA! TUDO DE BOM PARA VOCÊ E FAMÍLIA! Português-Idioma Original do site  English - Please, use the translator below!
 
Ouvir Música
 
Religião Arte e Cultura Treinamento Web Rádio e TV Guia de Compras Busca NPD-Google Contato

SEJA MEMBRO DA COMUNIDADE NPDBRASIL E AJUDE A RESGATAR VIDAS - CLIQUE AQUI

 
 
Pesquisa Google - NPDBRASIL
Pesquisa personalizada

AMOR E LOUCURA


Muitos amigos e amigas enviam suas contribuições para publicar no NPDBRASIL.

Depois de uma análise prévia fazemos a publicação colocando a referência da fonte. Entretanto, algumas vezes não temos a certeza da autoria, mas estamos sempre dispostos a reconhece-la quando comprovada...



AMOR E LOUCURA

Tempos atrás, viviam duas crianças - um menino e uma menina - que tinham entre quatro e cinco anos de idade. O menino se chamava Amor e a menina se chamava Loucura.

Amor sempre foi uma criança calma, doce e compreensiva. Já Loucura era muito emotiva, passional e impulsiva, do tipo que não levava desaforo para casa. Entretanto, mesmo tão diferentes, as crianças cresciam juntas, inseparáveis, brincando, cantando, brigando...

Mas houve um dia em que Amor não estava muito bem, e acabou cedendo às provocações de Loucura, com quem teve uma discussão muito feia. Ela não deixou barato! Estava furiosa com Amor e começou a agredi-lo, mas não só verbalmente como de costume! A menina estava tão descontrolada, que agrediu o garoto fisicamente... antes que pudesse perceber, arrancou os olhos do Amor.

Sem saber o que fazer, Amor foi chorando contar para sua mãe o que havia acontecido. Inconsolada, a mãe implorou a Deus uma providência, que, por sua vez, ordenou que chamassem a garota para uma séria conversa.

Ao ser interrogada, a menina respondeu como se estivesse com razão, que Amor havia lhe aborrecido e que foi merecido tudo o que aconteceu. Embora soubesse que não fora justa com seu amigo, a menina que nunca soube se desculpar, concluiu que a culpa era do Amor e que não estava arrependida.

Perplexo diante da aparente frieza daquela criança, Deus disse que nada poderia fazer para devolver a visão de Amor, mas ordenou que Loucura estaria condenada a guia-lo por toda a eternidade, estando sempre junto a ele, em cada passo que desse. E até hoje eles caminham juntos...

Onde quer que o Amor esteja, com ele estará a Loucura, quase que fundidos numa só essência. Tão unidos que, por vezes, não se consegue definir quem é Amor e quem é Loucura.

E, por isso, usa-se dizer que "o amor é cego". Mas isso não é verdade, pois o Amor tem os olhos da Loucura.

( Colaboração de Adriana Carolina )


Fale Conosco!


Recomende o Site
Recomende

Indique a Amigos
Indique a Amigos

Voltar página anterior

Imprimir esta página

 

Ir para o topo da página...

 
  Voltar página anterior

Pesquisa Google - NPDBRASIL
Pesquisa personalizada

Mensagem: "O Senhor é meu pastor, nada me faltará!" "O bem mais precioso que temos é o dia de hoje! Este é o dia que nos fez o Senhor Deus! Regozijemo-nos e alegremo-nos nele!". (Salmos)

Ir para o topo da página...  
Copyright 2013 NPDBRASIL    Design by Dermeval P Neves