ACESSO À PÁGINA DE ENTRADA DO SITE! Brasil... Meu Brasil brasileiro... NPD Sempre com você... QUE DEUS NOS ABENÇOE!
ESPECIALIDADE EM FAZER AMIGOS
AME SUA PÁTRIA!
Voltar para Home Contato Mapa do Site Volta página anterior Avança uma página Encerra Visita

NADA PODE DETER O BRASIL, O BRASIL SOMOS NÓS!

 
Guia de Compras e Serviços

COM MEUS BOTÕES...

Faça sua busca na Internet aqui no NPDBRASIL
Pesquisa personalizada

Criação e colaboração do Diácono José da Cruz de Votorantim-SP, Contos com diálogos do sonhador - O Dreamer - com o velho e sábio botão - O Marechal.

Índice desta página:
. REPENTISTA
. MENTIRA
. METRALHADORA
. MEDO


REPENTISTA

Não sei quem ele é e nem de onde veio. Vi-o pela primeira vez em uma dessas manhãs friolentas no ponto de táxi da rua João Valter com a 31demarço, as seis horas quando ia para a fábrica.

___Olha lá os “pingaiada” se esquentando! – disse-me um colega do lado, no interior do ônibus.

Uma blusa rota, calça que quase cabia dois, precisando de ser lavada, era ele que tocava um violão meio desafinado enquanto os outros três acompanhavam animados. Haviam acabado de cantar “Galopeira”, o danado até que tinha um bom fôlego, brindaram com uma generosa dose de cachaça cada um, e esfregando as mãos gritavam empolgados:
___Eta nóis na fita!
___Ê lasquera! Ô loco meu, vamo vendê CD!

Rimos muito do quarteto que alguém do fundão entitulou de “Los Farrapos”, enquanto o ônibus embicava pela avenida. Marechal permaneceu em silêncio e pensei em entabular conversa, mas notei que tinha voltado ao fundo do bolso onde dormia no meio de um guardanapo de papel.

À tarde tive uma surpresa, voltando da avenida a pé, ao passar por trás do Terminal de ônibus escutei de longe : “Senhores preste atenção! To cantando aqui, agora/ Canto para os senhores e também para as senhora/ Eu sou de Votorantim, porque não vim lá de fora...” Era o repentista que eu tinha visto de manhã, sentado próximo a ponte de acesso ao terminal, acompanhado do seu parceiro “Baiano”, mandando bala no violão e a cada trova tomava “uma” e exclamava “Ô loco meu! Vô grava CD!, enquanto era apoiado pelo parceiro que o acompanhava em segunda voz.

Parei alguns instantes para observá-lo melhor e depois fui embora falando com o meu velho Botão.
___Viu só Marechal! Acho que os dois estão bebendo desde cedo.

___Pois é --- respondeu o botão - e parece que estão felizes!

___Felizes???? --- quase gritei indignado --- com a vida curta por causa da pinga, jogados ao léu, parece que dormem na praça, sem roupa, sem casa, sem família, passando fome e frio com certeza. Que diabos de felicidade é essa?

Marechal sorriu muito tranqüilo e concluiu:
___Para muitos a felicidade é ter tudo isso que você falou e mesmo assim há quem busque ter mais e mais, posse e poder. Mas para esse, que você julga um pobre coitado, felicidade é ter uns trocados para tomar umas pingas e um violão para tocar e cantar e ser aplaudido pelo colega de copo. Cada trova e moda que ele canta é uma afronta para os que pensam que só é feliz quem muito tem.


MENTIRA

Eu tinha acabado de assumir um trabalho na área de comunicações da empresa, e todo cheio de entusiasmo pelo lançamento da primeira edição do jornal interno, preparava-me para ir trabalhar em uma sala só minha, adequada para a comunicação.

Um dia antes de mudar-me, fui checar se tudo estava de acordo na nova sala e estava sentado em frente o computador, quando avistei o “Baianinho” da Manutenção, uma pessoa que via com desdém o meu trabalho e dizia que o dinheiro que a empresa iria gastar com essa área era perdido. Vendo que ele iria entrar na sala, peguei o telefone e comecei a falar:

“___Alô, quem fala? É o Redator? Olha, conforme já nos falamos na reunião de ontem, quero uma notícia em destaque na capa do jornal, esse evento vai ser muito importante. O Diretor já confirmou presença e é capaz de até a família do patrão vai comparecer... (só um minutinho que já lhe atendo, estou numa ligação importante...) falei a meia voz para o “Baianinho”, e prossegui: ___alô, olha cara, vê se capricha pois você sabe a importância do marketing, quanto ao texto, as chamadas e as legendas das fotos, pode deixar que eu “tiro de letra” pois conheço os macetes desse trabalho. Então fica assim, obrigado e um abraço!”

___Nossa, que canseira! Esse trabalho de comunicação é tão importante que me deram uma sala exclusiva. Deixa-me ver que horas são, porque daqui a pouco o diretor vai me ligar, confirmando o evento. Mas você quer falar comigo, pois não, fique a vontade...

E o Baianinho, completamente indiferente mascando chiclete, respondeu:
___Só vim ligar o telefone, pois aqui ainda não tem nenhum ramal, com licença ---- disse ele começando a esticar o fio em baixo da mesinha, diante da minha perplexidade.

E enquanto eu deixava a sala com a “Cara de Tacho”, o Marechal não perdeu tempo e afirmou:

___A mentira tem perna curta, seja sincero com as pessoas e nunca queira aparentar ares de importante. Esse moço nunca mais vai acreditar no seu trabalho e no seu valor.


METRALHADORA

Sábado de manhã interrompi minha tarefa doméstica para atender dois homens vestidos socialmente e que portavam uma bolsa de couro. Logo que bateram palmas no portão, fui atender, um pouco mal humorado e já disparei.

___Senhores, bom dia, quero preveni-los que sou cristão e sigo a doutrina deixada por Jesus que nos deu a salvação e a minha fé tem como referência este ensinamento, certo?

___Certo, senhor! Só gostaríamos primeiro de nos apresentar...

___Por mim nem precisa, pois freqüento uma igreja e a minha crença é sólida, não sou um fundamentalista fanático, leio a palavra de Deus todos os dias e a medito a partir da razão, não sei o que vocês pensam, mas para mim a razão é importante na compreensão das coisas de Deus...

___Sem dúvida, mas só que....---disse um deles tentando explicar-me algo

___Calma amigo, deixa-me concluir! Não pensem que conseguirão mudar o meu modo de pensar, nasci nessa religião e a pratico desde que era criança de colo, e não a deixarei jamais, ninguém vai fazer a minha cabeça, é bom que saibam disso...

___Claro Senhor, mas o que nós queremos é apenas...

___ Sei muito bem o que vocês querem! Conheço o discurso de vocês, fazem umas citações bíblicas fundamentalistas e em seguida tentam a pessoa a se convencer que a igreja de vocês é que está com a verdade. Olha, eu penso que todas as religiões são boas e todas levam a Deus. Pensem muito nisso antes de bater na porta das pessoas, certo?

___Olha Senhor, poderia nos escutar por um momento, concordamos com tudo que o senhor falou, porém....

___Ah claro! Já entendi, há um ponto discordante, eu sabia!!! Pois podem falar, vou ouvir com atenção, mas alerto-os que conheço bem a bíblia e não vou “engolir” interpretações erradas, pois estudei teologia Bíblica!

A essa altura da conversa, eles começaram a sorrir e um deles explicou:

___Olhe, não somos quem o senhor está pensando, só queremos apresentar o produto que estamos vendendo e que é a TV a Cabo, que está chegando aqui no seu bairro.

Diante dessa revelação,enquanto eu como uma avestruz assustada, procurava desesperadamente um buraco para enfiar a cabeça, o Velho Marechal que acompanhara todo o “diálogo”, deu-me o “golpe de misericórdia”:

___As pessoas de bom senso estão sempre abertas ao diálogo, ouvindo com humildade e paciência o que o outro tem a dizer. Se você tivesse tido essa abertura, e dito a palavra chave “Pois não, o que desejam?”, esse vexame teria sido evitado. Pense nisso da próxima vez que baterem à sua porta.


MEDO

Fui assistir pela primeira vez em minha vida a uma Audiência na Vara Criminal da cidade e achei interessante ver atuando a Meritíssima Senhora juíza e a Promotora.

O Velho Botão Filósofo é fissurado pelo ambiente forense e sentado na beira do bolso da minha camisa, com os olhos arregalados por trás do velho óculos, não perdia uma só palavra da juíza, da promotora e da defesa.

___Veja Marechal ---- cochichei, sentado na última fileira de cadeiras reservadas ao público ---- olha só que atuação brilhante das mulheres, ocupando o cargo maior no tribunal.

___Pois é --- respondeu o Velho Botão --- a mulher desempenha bem esse cargo e outros de igual importância na sociedade, não só pela capacidade e conhecimento de causa, mas também porque a ternura feminina nela presente, no caso de um tribunal, dá ao julgamento um aspecto bem mais humano, criando condições para que a justiça seja feita.

Posicionado quase ao lado dos seus nobres defensores, o réu parecia olhar para cada um dos sete jurados que teriam depois a dura incumbência de votarem os quesitos atenuantes ou agravantes do crime cuja acusação pesava sobre ele.

___Olha Marechal, digo com toda sinceridade, jamais eu ia querer fazer parte do corpo de Jurados e ter o olhar do réu voltado para mim. É um olhar misterioso que com certeza deve causar medo nos jurados pensando em algum risco que possam correr, dependendo do resultado do julgamento.

O Velho Botão permaneceu calado e depois que foi dada a sentença condenatória, enquanto descíamos a escada do edifício, ele retomou a palavra e arrematou a conversa iniciada na sala do tribunal:

___Quem tem que ter medo é o réu, por saber que o Júri tem poder para decidir o seu destino. O exercício da função de uma Juíza ou promotora implica em um certo risco entretanto, você mesmo notou, que elas atuam com brilhantismo, pois quem ama aquilo que faz, não pensa em nenhum risco. Pessoas de bem não podem ter esse tipo de medo, pois a força do mal nada pode contra a Força do Bem.



ESTA PÁGINA É DEDICADA A CRIAÇÃO DO DIÁCONO JOSÉ DA CRUZ.



QUE DEUS ABENÇOE A TODOS NÓS!

Oh! meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno,
levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente
as que mais precisarem!

Graças e louvores se dê a todo momento:
ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento!

Mensagem:
"O Senhor é meu pastor, nada me faltará!"
"O bem mais precioso que temos é o dia de hoje!    Este é o dia que nos fez o Senhor Deus!  Regozijemo-nos e alegremo-nos nele!".

( Salmos )

.
ARTE E CULTURA
RELIGIÃO CATÓLICA
Ajuda à Catequese
EVANGELHO DO DIA
ANO DA EUCARISTIA
AMIGOS NPDBRASIL
COM MEUS BOTÕES
LIÇÕES DE VIDA
Boletim Pe. Pelágio
À Nossa Senhora
Orações Clássicas
Consagrações
O Santo Rosário
Devoção aos Santos
Fundamentos da Fé
A Bíblia Comentada
Os Sacramentos
O Pecado e a Fé
Os Dez Mandamentos
A Oração do Cristão
A Igreja e sua missão
Os Doze Apóstolos
A Missa Comentada
Homilias e Sermões
Roteiro Homilético
Calendário Litúrgico
O ANO LITÚRGICO
Padre Marcelo Rossi
Terço Bizantino
Santuário Terço Bizantino
Santuario Theotókos
Mensagens de Fé
Fotos Inspiradoras
Bate-Papo NPD
Recomende o site
Envie para amigos
 
Espaço Aberto
 
MAPA DO SITE
Fale conosco
Enviar e-mail
Encerra Visita
 

 


Imprimir

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VOLTA AO TOPO DA PÁGINA...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VOLTA AO TOPO DA PÁGINA...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VOLTA AO TOPO DA PÁGINA...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VOLTA AO TOPO DA PÁGINA...


Voltar
Página Inicial |Arte e Cultura | Literatura | BOLETIM MENSAL

Parceiros | Política de Privacidade | Contato | Mapa do Site
VOLTA AO TOPO DA PÁGINA...
Design DERMEVAL NEVES - © 2003 npdbrasil.com.br - Todos os direitos reservados.